Bem-vindo à FAAN

Seja bem-vindo ao portal da Fundação Dr. António Agostinho Neto, nosso objectivo é promover a pesquisa e divulgação da vida e da obra do Dr. António Agostinho Neto; Promover actividades para melhorar o bem-estar e a condição dos angolanos; A promoção da educação, da ciência, da tecnologia e da cultura, para incentivar a criação e a inovação, de todo o tipo e sob todas as formas, e a investigação científica e tecnológica.

FAAN - Fundação Dr. António Agostinho Neto

Versão para impressão
PDF

História Sociedade e Cidadania

A Editora Brasileira FTD, publicou a nova edição de “ História Sociedade e Cidadania”, do 9º ano do Prof. Alfredo Boulos Júnior, para o ensino médio e fundamental. Nesta edição, a escolha da capa recaiu numa fotografia de um aspecto de um comício no Bairro do Kikolo, município de Cacuaco, província de Luanda, no ano 2008 (ano das 2ª eleições em Angola) na qual populares empunham um cartaz com a foto do 1º presidente de Angola, António Agostinho Neto.

Versão para impressão
PDF

Acordo de parceria entre a FAAN e o Governo da Provincia do Bengo

No dia 15 de Agosto de 2011, após prolongadas diligências por parte da Fundação Dr. António Agostinho Neto (FAAN), assim como a organização e realização de vários eventos no Centro Cultural em Catete pela FAAN, foi assinado um acordo entre a FAAN e o Governo Provincial do Bengo(GPB).

A assinatura teve lugar no Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto onde, na presença de vários convidados, foram signatáros a Sra. Maria Eugénia Neto, Presidente da FAAN e o Dr. João Bernardo de Miranda, na qualidade de governador da província do Bengo.

O acordo estabelece as condições e os termos da cooperação entre o GPB e a FAAN com o intuito de dinamizar o funcionamento do Centro Cultural e atribuir a gestão administrativa do centro à FAAN.

 

 

Versão para impressão
PDF

Feira do Livro e do Disco

Está a decorrer de 23 a 29 deste mês, a "4ª edição da Feira Internacional da Música e da Leitura"  no Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR), em Luanda.

Versão para impressão
PDF

“SÁBADO NOS MUSSEQUES” NA ESCOLA N’GOLA KANINE

Versão para impressão
PDF

EXTRACTO DO HISTORIAL DO PAI DA NAÇÃO ANGOLANA

Aquele que viria a ser o fundador da nação angolana, nasceu na aldeia de Kaxicane, conselho de Icolo e Bengo, Distrito de Luanda, em 17 de Setembro de 1922. Filho de Agostinho Neto, catequista de Missão americana em Luanda, sendo mais tarde pastor e professor nos Dembos, e de Maria da Silva Neto, professora.

-1934 - A dez de Junho obtém o certificado da escola primária, que frequentou em Luanda.
-1937 - Os seus pais mudam-se para Luanda, onde Agostinho Neto prossegue o seu estudo secundário no Liceu Salvador Correia.
-1944 - Completa o 7º ano do Liceu, obtido no Liceu Salvador Correia, de Luanda.
-Sendo funcionário dos serviços de saúde deixa Angola e embarca para Portugal, a fim de frequentar a Faculdade de Medicina de Coimbra.
-1948 - É concedida a Agostinho Neto uma bolsa de estudos pelos Metodistas americanos.
-1958 - A 27 de Outubro é licenciado em medicina pela Universidade de Lisboa e no mesmo dia casa com Maria Eugénia Silva.
-1975 - A 11 de Novembro é proclamado seu presidente, continuando Comandante-em-Chefe das Forças Armadas Populares de Libertação de Angola e Presidente do MPLA.
- Membro fundador da União dos Escritores Angolanos, criada em 10 de Dezembro de 1975.
- Foi o primeiro Reitor da Universidade Agostinho Neto
- A 10 de Setembro de 1979, Agostinho Neto falece em Moscovo.

 

KALUNGA E IEMANJÁ – OS DEUSES DO MAR PREDIZENDO O FUTURO
(Extracto do livro “ O vaticínio da  Kianda”)
de Eugénia Neto

 «... Voltarei para festejar contigo, pois Aquele que te vai libertar e uma Pátria grandiosa ofertar-te, que será o orgulho deste Continente e de muitos povos da América, conduz uma luta tenaz donde sairá vitorioso.



«Neto é o seu nome. Neto é o seu nome do Libertador. É Aquele em quem o querer de séculos do povo se catalisou na sua vontade.
«É poeta e tem a coragem dos que dignificaram a estirpe. Encarna um passado de glória de bem antes das Leis de Kepler. Exige caminhar com voz igual, e por isso, para muitos será um herói incómodo!... Mas Kalunga escolheu-o, e será ele e não outro, ainda que as águas saltem dos leitos e as montanhas erosadas saltem os ventos!

«Eu fui enviada a trazer esta mensagem dos deuses do mar para os alertar que a libertação está próxima. E que não desfaleçam, se nos areópagos se falar em Neto derrotar. Agora, mais do que nunca, deveis junto a ele resistir, pois só ele é o Libertador do Povo. É o que pedem os deuses do mar.
«Kalunga que Neto um dia invocou olhando as águas da Ilha, e lamentando a desgraça em que o povo vivia, recordou-lhe o orgulho de outrora. Kalunga o ouviu e o escolheu para pôr fim ao desvario antigo. Como Herói escolhido, fê-lo poeta, para que a sua voz fosse a ponte, fosse a ligação, e as terras e as gentes em paz e fraternidades se viessem de novo a juntar. E as raízes antigas dormentes no tempo, rebentos e flores darão pela voz do poeta da Liberdade...»

 

Seja nosso parceiro

Jovens Escritores

REDES SOCIAIS

SUBSCREVER NEWSLETTER

Nome:
Email: